Telefone Und. Universitário: (62) 3265-0400
Und. Bueno: (62) 3933-0200
Busca
Pacientes
Médicos e Profissionais de Saúde
fique por dentro » notícias

Homem que se cuida tem atitude

Publicado em : 01/11/2017

 

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens. A taxa de incidência é maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

Por isso, o Novembro Azul visa o combate ao câncer de próstata e conscientização da importância de exames regulares e diagnóstico precoce. Apenas em 2016, o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA) espera que sejam diagnosticados 61 mil novos casos de câncer de próstata no Brasil, sendo estimadas mais de 13 mil mortes este ano no Brasil. Em âmbito mundial, também é o segundo câncer em incidência e o quinto em mortalidade nos homens. De acordo com o Globocan 2012, são registrados 1,1 milhão de novos casos por ano de câncer de próstata e cerca de 300 mil mortes.

Em meio a este cenário, há uma boa notícia. Diagnosticar a doença em fase inicial possibilita que o tratamento tenha êxito em 9 entre 10 casos. Isso aliado a uma terapia individualizada com ênfase em redução de sequelas e complicações com o máximo de resultados. Levantamento do A.C.Camargo Cancer Center, evidencia a importância do rastreamento com foco em diagnóstico precoce e queda de mortalidade por câncer de próstata.

Mais do que a próstata
Mas, o mês de novembro, pode ser mais amplo e ser um período de conscientização para a saúde do homem. Um levantamento do Centro de Referência em Saúde do Homem de São Paulo mostra que 70% das pessoas do sexo masculino que procuram um consultório médico tiveram a influência da mulher ou de filhos. O estudo também revela que mais da metade desses pacientes adiaram a ida ao médico e já chegaram com doenças em estágio avançado.

Os homens brasileiros vivem, em média, 7,2 anos a menos que as mulheres. Entre as causas de morte prematura estão à violência e acidentes de trânsito, além de doenças cardiovasculares e infartos. Além do exame de próstata, o homem deve adotar hábitos saudáveis, como a prática de atividade física regular, a alimentação balanceada e o uso moderado de bebidas alcoólicas.

A identificação precoce de doenças aumenta as chances de um tratamento eficaz. Por isso, alguns exames devem fazer parte da rotina dos homens. Aferir a pressão com frequência e acompanhar as taxas de colesterol são importantes para evitar doenças crônicas como a diabetes e a hipertensão. Outros testes importantes a serem realizados dizem respeito às doenças sexualmente transmissíveis como o teste de HIV, hepatite B (HBsAg) e do vírus da hepatite C (anti-HCV).

Para aqueles com história familiar de câncer de próstata (pai ou irmão) antes dos 60 anos e assintomáticos, a recomendação também é consultar um médico, pois somente ele pode orientar quanto aos riscos e benefícios da realização dos exames. As evidências disponíveis demonstraram que a realização periódica do toque retal e dosagem de PSA em homens assintomáticos teve como resultado uma redução mínima da mortalidade por câncer de próstata, mas com um aumento importante dos danos  na população rastreada, o que leva a recomendação de que não se organizem programas de rastreamento para este tipo de câncer. Todos os procedimentos devem ser solicitados pelo profissional de saúde, respeitando os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Outros cuidados, como autoexame de testículos e pênis, são importantes.

Alguns sintomas podem mostrar alterações do sistema reprodutor, principalmente na próstata. São eles:
• Dificuldade para urinar
• Necessidade de urinar mais vezes (principalmente à noite)
• Urgência para urinar
• Dificuldade para iniciar ou parar o fluxo urinário
• Jato urinário fraco, reduzido ou interrompido
• Sensação de esvaziamento incompleto da bexiga
(UOL/ Inca)

Confira como foi o último encontro do PEC

15/06/2018 Saiba mais

Confira como foi o último encontro do CEAMA

15/06/2018 Saiba mais

Sessão Solene na Assembleia irá homenagear nosso Diretor Técnico

14/06/2018 Saiba mais

Encontro do PEC de junho vai abordar o tema de Câncer Renal Metastático

06/06/2018 Saiba mais

Encontro do CEAMA em junho vem com tema Imunidade

06/06/2018 Saiba mais

Vem aí a ASCO 2018 - O maior evento de Oncologia e Hematologia

30/05/2018 Saiba mais

Encontro do PEC de maio

25/05/2018 Saiba mais

Encontro do PEC de maio

25/05/2018 Saiba mais

Encontro do CEAMA de maio trouxe o tema nutrição

14/05/2018 Saiba mais

O Cebrom - Medicina Oncológica completa 20 anos e comemora com apresentação da Orquestra Sinfônica de Goiânia e Celebração de Missa em Ação de Graças

Venham comemorar conosco os 20 anos de um sonho de cinco médicos visionários, que ousaram revolucionar a medicina goiana na área de oncologia no ano de 1998. Cinco corações que se entregaram e, com seus esforços aliados a uma superestrutura e tecnologia de ponta, originou o Cebrom Medicina Oncológica.
23/04/2018 Saiba mais
« voltar

 

Newsletter
desenvolvido por
UND. Universitário: (62) 3265-0400
5ª Avenida nº180, Setor Universitário, Goiânia - GO.
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, 07:00hs às 20:00hs
UND. Bueno: (62) 3933-0200
Rua T-55 nº 741, Setor Bueno, Goiânia - GO.
Horário de Funcionamento:
De segunda a sexta, 06:00hs às 21:00hs